Importância do ômega 3 para o cérebro

Por conta de sua habilidade anti-inflamatória, o ômega 3 obteve um grande sucesso favorecendo sua vantagem em outras áreas, capaz de servir para uma ampla utilidade contra a epilepsia.

o caso de refratárias apenas os medicamentos para limitar suas crises não cumprem seu papel perfeitamente, comprovado através de cobaias que o nutriente realmente contribui para a inibição contra a perda de neurônios e que promove a formação de novas células nervosas que resultam em uma grande redução das crises.

Essa teoria foi comprovada posteriormente através de estudos com pacientes reais, onde indivíduos que consumiram 3 gramas de ômega 3 diariamente obtiveram um resultado bastante satisfatório em questão da diminuição na recorrência das crises, cerca de mais de 30%. Esse fato se tornou um ganho para a história por apresentar uma versão eficaz para tratar pessoas que sofrem com epilepsia.

Mesmo que exista diversos alimentos ricos em nutrientes do ômega 3, uma ótima ideia também é fazer o controle e acompanhamento com a suplementação, pois assim você saberá os valores consumidos e irá poder fazer isso de forma correta.

Mas claro, a alimentação não deve ficar de lado pois caso não haja condições para investir em um suplemento ou for alérgico a algum de seus componentes, a dieta contendo esses nutrientes será de suma importância para aumentar a qualidade do ômega 3 em seu organismo.

Benefícios do ômega 3

Como já citado a beneficiação para a epilepsia, o ômega 3 não é potente apenas para esse caso, qualquer pessoa que queira cuidar da sua saúde mental e se precaver de futuras enfermidades deve consumi-lo sempre que possível, principalmente pacientes com Alzheimer onde muitos deles continham quantidades reduzidas de EPA e DHA no sangue em relação a indivíduos saudáveis.

Em pacientes idosos apresenta uma grande beneficiação em relação a inibição de falhas no cérebro, principalmente em seu agente de DHA, além disso, é um hábil proveito para os domínios da cognição como a memória, percepção, compreensão, linguagem e atenção, por isso é essencial o uso do ômega 3 em todas as fases da vida pois são fundamentais para elevar suas faculdades mentais buscando aprimorar suas atividades.

Além dessas fases, também é primordial para a fase da infância, estudos comprovam que o ômega 3 é um excelente agente ligado diretamente ao desenvolvimento do sistema nervoso central do bebê.

Isso contribui para o bom funcionamento entre as membranas nas células nervosas e os neurônios, gerando o auxílio para isso através do DHA ingerido pela mãe durante a gestação e também por meio do leite materno considerando sua amamentação até os 2 anos de vida.

Nesse estágio se aconselha a alimentação rica de seus nutrientes e a cápsula entra em ação quando a mulher não estiver conseguindo obter o bastante do ômega 3 nessa etapa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *