Conheça as principais causas da disfunção erétil

Também conhecido como impotência sexual, a disfunção erétil atinge cerca de 15 milhões de brasileiros, principalmente em idade avançado.

A excitação sexual é um algo que necessita principalmente de hormônios, sentimentos, nervos, músculos, vasos sanguíneos e o cérebro, um mau funcionamento em qualquer uma dessas situações pode levar a disfunção erétil.

Estresse, fadiga e problemas psíquicos também podem ajudar, e o sentimento de ansiedade por manter uma ereção pode tornar o problema ainda mais difícil.

Envelhecer é parte da disfunção erétil, de acordo com especialistas. Contudo a impotência sexual também pode ser causada por:

  • Doença no coração ou vasos sanguíneos entupidos,
  • Pressão alta,
  • Diabetes,
  • Obesidade,
  • Níveis de colesterol e insulina alterados e excesso de gordura na barriga,
  • Esclerose múltipla,
  • Mal de Parkinson,
  • Baixa testosterona,
  • Doença de Peyronie, ,
  • Determinados remédios controlados, como antidepressivos e remédios para pressão alta,
  • Fumar,
  • Alcoolismo ou dependência de drogas,
  • tratamentos de próstata,
  • Lesões cerebrais ou da medula espinhal,
  • Acidente vascular encefálico,
  • Radioterapia para os testículos,
  • Algumas formas de cirurgia na próstata ou na bexiga.

Apesar disso, a grande maioria dos casos de disfunção erétil é causada por doença, enquanto os efeitos colaterais dos medicamentos são responsáveis ​​por 25%.

baixa libido, ou baixo desejo sexual, não deve ser confundido com problemas na ereção, principalmente com problemas como a disfunção erétil e ejaculação precoce.

O organismo de fato costuma diminuir a produção de testosterona à medida que os homens envelhecem, geralmente chamadas de menopausa masculina ou menopausa.

Diagnóstico da disfunção erétil

Os médicos podem, de fato, excluir diversas causas da disfunção erétil com um exame físico, descartando problemas de anatomia ou circulação sanguínea, por exemplo.

Além disso, diversos exames são capazes de levar ao diagnóstico da impotência sexual. Tais testes incluem, por exemplo:

Testes de sangue a fim de averiguar os níveis de colesterol, testosterona e glicose, exames a fim de averiguar o fluxo de sangue na região sexual e análise de ereção a fim de avaliar as ereções enquanto o paciente dorme.

3 thoughts on “Conheça as principais causas da disfunção erétil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *